Atualmente existe terapia disponível para a MPS I, MPS II e MPS VI. Trata-se da terapia de reposição enzimática, ou seja, enzimas produzidas em laboratórios de biotecnologia e semelhantes às humanas são administradas aos pacientes, oferecendo novas perspectivas às suas vidas e as de seus familiares.

Para os outros tipos de MPS continuam em andamento pesquisas científicas em uma busca incansável de novas e eficientes terapias.

O acesso ao tratamento é ainda o maior obstáculo para o portador de MPS. Os custos das enzimas para terapia de reposição enzimática ainda são altos e, para a grande maioria dos brasileiros o tratamento só é possível quando assumido pelo Governo através do SUS ou das secretarias de estado da Saúde.

Mesmo tendo assegurado na Constituição o seu direito à saúde, o paciente ainda encontra muita resistência dos órgãos governamentais para a disponibilização dos medicamentos.

Por isso é tão importante o papel da ABAMPS, que com sua experiência pode orientar a família do paciente pelos caminhos legais e jurídicos que terão que trilhar até finalmente iniciar o seu tratamento.

Conheça a experiência de outros pacientes e seus familiares

Saiba mais:

15 de maio, o Dia Internacional da MPS, é comemorado todo ano em vários países.

Leia mais...

A Aliança Brasil de MPS está fazendo uma importante campanha junto às APAEs de vários

Leia mais...

Direito ao tratamento. Clique na imagem para ampliar

Associação Baiana de Amigos da MPS - Rua São Francisco, 45 - Bairro Curuzu - CEP 40365-290 Salvador - BA - Tel: (71) 8857-7721, das 9 às 17h.